Releases

Sucesso sem precedentes em interceptação dupla para o MEADS na Linha de Mísseis de White Sands
PR Newswire
ORLANDO, Florida e MUNIQUE e ROMA, 6 de novembro de 2013

ORLANDO, Flórida e MUNIQUE e ROMA, 6 de novembro de 2013 /PRNewswire/ -- O  Sistema de Defesa Aérea de Médio Alcance (MEADS) interceptou e destruiu dois alvos simultâneos atacando de direções opostas durante uma demonstração estressante de seus recursos de defesa aérea e antimíssil (AMD) de 360 ​​graus na Linha de Mísseis de White Sands, Novo México. O teste de voo alcançou todos os critérios para o sucesso.

(Foto: http://photos.prnewswire.com/prnh/20131106/DA11919-INFO)

Todos os elementos do sistema MEADS foram testados, inclusive um Radar de Vigilância MEADS 360 graus, um gerenciador de batalha MEADS em rede, dois lançadores leves disparando mísseis de Aumento de Segmento de Míssil (MSE) PAC-3 e um Radar de Controle de Fogo Multifuncional (MFCR) MEADS 360 ​​graus. Todos os elementos do sistema funcionaram conforme o planejado.

O MEADS é ​​um sistema AMD de mobilidade terrestre de última geração, que incorpora os radares de 360 ​​graus, o gerenciamento de batalha em rede e distribuída, lançadores facilmente transportáveis ​​e o Míssil MSE PAC-3 de impacto direto.

O primeiro alvo, um alvo de respiração de ar QF-4, aproximou-se do sul enquanto um míssil Lance, voando uma trajetória de míssil balístico tático, atacou a partir do norte. O Radar de Vigilância captou ambos os alvos e forneceu sinalizações sobre o alvo para o gerenciador de batalha do MEADS, o qual gerou comandos de sinalização para o MFCR. O MFCR rastreou ambos os alvos com sucesso e guiou os mísseis dos lançadores na configuração italiana e alemã para as interceptações bem sucedidas.

"O teste de voo bem sucedido de hoje é a conclusão de três países trabalhando em conjunto para projetar, desenvolver e construir o mais avançado e capaz sistema de arma de defesa aérea e antimíssil do mundo. Nenhum Sistema AMD de mobilidade terrestre de campo pode interceptar alvos a partir de duas direções ao mesmo tempo como o MEADS o fez hoje", disse o gerente geral da Agência de Gestão da NATO MEADS, Gregory Kee. "A tecnologia MEADS agora pode ser aproveitada como gerenciamento de batalha, sensores e lançadores maduros e habilitados para rede, para atingir as capacidades da AMD previstas pela Alemanha, Itália e Estados Unidos."

O teste demonstrou a manobrabilidade vigilante do míssil MSE PAC-3 em atingir os alvos.

"Com base na maturidade do hardware e software do MEADS, pedimos a nossos clientes que expandam este teste para uma dupla interceptação", disse o presidente da MEADS International, Dave Berganini. "O programa do MEADS continua a atender ou exceder os seus compromissos. No início deste ano, o MEADS demonstrou com sucesso as sinalizações e interoperabilidade do radar com os sistemas da NATO em rede durante o Joint Project Optic Windmill (JPOW) e a certificação do nosso sistema de modo 5 IFF. Agora estamos muito contentes ao demonstrar uma inédita dupla interceptação que atendeu aos objetivos do teste e prepara o MEADS para o futuro desenvolvimento e testes na Europa."

O programa MEADS é "​​3 por 3" no alcance dos objetivos do teste de voo. Em novembro de 2011, o MEADS realizou uma interceptação simulada de um alvo de respiração de ar. Em novembro de 2012, o MEADS captou, monitorou e destruiu um alvo MQM-107. Ambos os testes demonstraram a defesa de perímetro completo e de 360 ​​graus com o Míssil MSE PAC-3 realizando manobras de vigilância únicas para derrotar alvos de ataque por trás da colocação do MEADS.

A MEADS International, uma joint venture multinacional com sede em Orlando, Flórida, é a contratante principal para o sistema MEADS. As principais subcontratantes e parceiras de joint venture são a MBDA na Itália e Alemanha e a Lockheed Martin nos Estados Unidos.

A agência de gestão do programa MEADS, NAMEADSMA, está localizada em Huntsville, Alabama.

FONTE  MEADS International

FONTE MEADS International